Encontre um consultor SAUR Exemplo: DDD ( 0XX ) ou DDI ( +XX )

Garfos Telescópicos SAUR agilizam movimentação de caixas de uvas na Chandon

Por muito tempo, a maioria das empresas somou esforços em suprimentos e transportes para obter melhores resultados para a empresa. Porém, agora, muitas estão revendo conceitos e analisando os ganhos da logística interna (intralogística), para reduzir custos e aumentar a competitividade.
É com esta visão que a empresa Chandon, também conhecida como Moët Hennessy do Brasil - Vinhos e Destilados Ltda., da cidade de Garibaldi/RS, buscou junto à SAUR Equipamentos S.A., líder no Brasil na movimentação de cargas internas, uma solução para agilizar a descarga de caixas de uvas. O Garfo Telescópico SAUR é o equipamento utilizado pela Chandon para descarregar caminhões somente por um dos lados. Isso é devido aos garfos avançarem e, assim, alcançarem toda a largura da carroceria. Ou seja, o equipamento acoplado à empilhadeira fica posicionado em um dos lados e deste local consegue fazer a descarga de ambos os lados, sendo necessário apenas abrir uma das laterais da carroceria.
Antes deste equipamento, era necessário o caminhão fazer manobras para estacionar ou eram utilizados alongadores de garfos para retirar as caixas, sendo que estes necessitam de manuseio constante, pois precisavam ser retirados para outras operações.
Desta maneira, o recebimento das uvas era demorado, devido à troca dos garfos e as manobras do caminhão, os custos eram mais elevados, pois a empilhadeira consumia mais combustível e sofria mais desgaste. Além disso, os profissionais envolvidos na atividade estavam mais expostos a acidentes e a carga ficava por mais tempo exposta a condições adversas, podendo comprometer a qualidade da matéria-prima.
Luciano Paulo Scomazzon, gerente de produção da Chandon, conta que foi através de um vídeo, disponível na internet que ele e sua equipe conheceram o equipamento da SAUR e, assim, contataram com um dos consultores da empresa para conhecer melhor a aplicação do mesmo. "Ficamos impressionados quando vimos o desempenho dos Garfos Telescópicos, enfim havíamos encontrado a solução para o nosso problema. O que nos surpreendeu é que a solução veio de uma empresa que está tão perto de nós. O equipamento é de muito boa qualidade e cumpre o que descreve em seus catálogos. Tivemos um ganho de tempo aproximado de 30%, em relação ao processo antigo utilizando os sobregarfos." destaca Luciano.
Além de operar com os garfos estendidos, cujo comprimento atinge 2.350 mm o equipamento pode ainda trabalhar normalmente com os garfos recolhidos em 1.350 mm, o que torna sua utilização muito prática. Operando desde novembro de 2013 na Chandon, o equipamento, segundo Marcio Koch, gestor de negócios da SAUR, combina a agilidade dos Garfos convencionais curtos com a possibilidade de alcançar cargas distantes, o que traz como resulados principais a agilidade e a segurança na operação.
Outra vantagem dos Garfos Telescópicos é que possuem pouco peso agregado à empilhadeira, por isso podem ser acoplados em empilhadeiras contrabalançadas e empilhadeiras retráteis de menor capacidade. Também é ideal para estocar produtos em prateleiras com dupla profundidade.